No Bosque do Espelho – Alberto Manguel

«Os poemas ou as histórias que nos redimem (ou nos quais encontramos o mesmo tipo de redenção) estão a ser escritos ou já foram escritos e esperam que os leitores, ao longo do tempo, uma e o9789722038331utra vez, assumam isto: que a mente humana é sempre mais sábia do que os seus mais atrozes feitos, desde que lhes possa dar um nome; que na própria descrição dos nossos actos mais abomináveis algo na boa escrita os mostra como abomináveis e portanto não conquistáveis; que apesar da debilidade e da arbitrariedade da linguagem, um escritor inspirado pode contar o impronunciável e atribuir uma forma ao impensável, para que o mal perca alguma da sua qualidade divina e fique reduzido a algumas palavras memoráveis.»