Objectivo

Não. Não gosto dessa palavra; é demasiado bélica. É como se tivéssemos que andar sempre aos tiros. Encurrala a existência no seu fim, suprimindo-lhe o corpo da duração, que é, ao fim de contas, tudo o que existe.

 

(c)2015 Jónatas Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.